Quero começar este post dizendo que nunca imaginei que, na estrada que nos leva do RJ à Angra dos Reis, tem uma serra escondida que guarda um lugar incrível, cheio de histórias!

Fui, à convite do Parque, para uma festividade referente ao Dia do Índio com vários integrantes de uma tribo Guarani e contou com apresentações de dança e música, atividades de arco e flecha e palestras com o cacique da tribo. Experiência única!!!

O Parque Arqueológico e Ambiental São Marcos é uma iniciativa da Light para preservar e valorizar o patrimônio histórico e cultural do Vale do Paraíba Fluminense e possui 930 mil metros quadrados de Mata Atlântica. Não tem este “ambiental” no nome á toa, não é?

É o primeiro sítio arqueológico urbano do Brasil integralmente resgatado por arqueólogos.

Parque Arqueológico e Ambiental São João Marcos

História

Se inicia em 1739 com a construção de uma capela de São Marcos e, após a sua construção, o surgimento de um povoado privilegiado pelas condições de cultivo do café, que colocava a cidade como uma das mais ricas do Brasil Colônia Imperial.

A pequena e próspera cidade era formada por umas dezenas de ruas, três largos e algumas travessas e chegou a ter 18 mil habitantes, sendo 8 mil escravizados.

Em 1939, a cidade foi tombada pelo órgão de proteção ao patrimônio histórico e no ano seguinte foi destombada pelo então presidente Getúlio Vargas. A cidade foi então desocupada por conta de risco de alagamento do seu perímetro urbano. A inundação decorrente do aumento da capacidade de armazenamento do reservatório de Ribeirão Lajes, foi necessária para a construção da Usina de Fontes Nova, até hoje em funcionamento.

A área desocupada e os vestígios da cidade ficaram adormecidos por décadas e, em 1990, a Ponte Bela e as ruínas do Parque São João Marcos foram tombadas pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural. Em 2008, toda esta história começou a ser redescoberta e valorizada com a construção do Parque.

Parque Arqueológico e Ambiental São João Marcos

O que o Parque oferece

No caminho para o parque, a vegetação e a estradinha já começam a contar histórias!

Ao chegarmos, nos deparamos com um um lugar lindo!

Logo na entrada, vemos a Ponte Padre Peres. Na verdade, não pudemos vê-la, porque ela estava totalmente tomada pela água (inundada).

Parque Arqueológico e Ambiental São João Marcos

Na sede, há um Centro de Memória que conta toda a história do lugar através de uma grande maquete, expositores, peças encontradas no local e até um vídeo explicativo.

Conta com anfiteatro, salas de multimídia e exposições e um campo de futebol em homenagem aos craques do Marcossense Futebol Clube. Tem também, uma lojinha de souvenirs, é claro!

Além disso, há uma lanchonete que serve lanches e refeições retiradas do livro de receitas de uma antiga moradora de São Marcos. Não é incrível?

Mas o que me impressionou foram as ruínas da antiga cidade. Fiquei imaginando o quanto de história aquele lugar tem. O quanto de dinheiro, através do café, a cidade produziu e hoje só vemos pedaços isolados do que foi tudo.

 Parque Arqueológico e Ambiental São Marcos
Ruínas da Igreja Matriz de São João Marcos

Mas se você quiser apenas sentar no meio de um campo repleto de vegetação, é o que não falta! Fiquei encantada com o espaço aberto do parque.

Visitas guiadas

Só acontecem mediante pré-reserva pelo e-mail contato@saojoaomarcos.com.br

Como chegar

De carro ou de ônibus/ van fretados.

Fomos com a empresa Avante PaxTur Agência de Turismo e Transportadora

Horário de Funcionamento

De quarta a sexta feira, das 10 às 16h

Sábados, domingos e feriados, das 09 às 17h

Ingressos

A entrada é gratuita

Almoço

Para serviço de almoço, deve-se fazer reserva no e-mail thinaaleeone@hotmail.com e o pagamento é apenas de dinheiro!

Celulares

Informação importantíssima!!!! Não há sinal de telefonia no local! Apesar de, no início eu ter quase enlouquecido, hahahahaha, foi maravilhoso poder aproveitar ao máximo o Parque!

Esta ação foi realizada pela RBBVRJ e contou com a participação dos blogueiros Wallace e Kelly do blog Deixa eu Viajar, Regina Oki do blog Turista FullTime, Olívia do blog Olivia Garimpando por Aí, Ana Morize do blog Viagens Bacanas, Denise Barreto do blog Chicas Lokas, Daniele do blog Embarcando na Aventura.

 Parque Arqueológico e Ambiental São Marcos

E aí? Ficou curioso (a)? Só vai!!! O passeio é imperdível!

Até a próxima!!!

Faça suas reservas aqui pelo blog

Cada vez que você reserva algo por algum link aqui do blog, recebemos uma pequena comissão que nos ajuda continuar a atualizar o conteúdo. E você, leitor, não paga nada a mais por isso! Então reserva, vai? 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here