Monte Verde, cidade de aproximadamente seis mil habitantes, virou a queridinha dos turistas de plantão. E, por isso, estive por lá, à convite do Roots Resort, para saber o que tem de bom e, é claro, compartilhar com vocês! Vamos lá???

Como chegar a Monte Verde Sul de Minas

O que fazer

Apesar da cidade ser bem pequena, existem muitas opções de passeios por lá.

1.Fazenda Radical

Infelizmente, não tivemos tempo de fazer todos, mas alguns são imperdíveis, como os passeios de quadriciclo, a mega tirolesa, escalada e arvorismo, arco e flecha e passeio de cavalo da Fazenda Radical. Além disso, eles tem uma escola de Falcoaria que faz um trabalho incrível, mas no dia que fui, ela estava fechada… snif!!!!

Dirigi um quadriciclo e confesso que foi uma sensação única.

Monte Verde - o que fazer e onde comer

Eu já tinha experimentado um em Penedo há alguns anos atrás, mas não tinha gostado e passei a bola pro meu marido. Mas lá…. lá foi energizante!!!

Passamos por lugares lindos e vamos com um guia, é claro, que nos mostra tudo o que há de melhor em paradas e visuais. O nosso ainda arrasava nas fotos….valeu, Rodrigo!!!!

Este passeio tem uma duração de 45 minutos a 1 hora. O mínimo de idade é de 7 anos (na garupa) e o preço é de R$100,00 (sendo uma ou duas pessoas).

Depois do quadriciclo, fui direto para a tirolesa porque o meu tempo era curto. Na verdade são duas tirolesas. Você desce na primeira de 500 metros, sobe um caminho bem sinalizado e com apoio (acreditem: isso fez toda a diferença hahahahahaha) e aí desce em outra de 550 metros (as duas com mais de 70 metros de altura), para subir outro morrinho.

Preciso confessar que eu estava semi morta no final com o meu corpo sedentário e um pouco (kkkkk) acima do peso.

Mas valeu cada segundo do percurso. Eu amooooo tirolesas e “voar” por cima daqueles vales foi libertador.

O valor da tirolesa é de R$70,00 o trajeto completo e a pessoa tem que ter um mínimo de 40kg.

2.Pedra Redonda

Todas as pessoas que parei para conversar, perguntaram se eu iria conhecer a Pedra Redonda para curtir o pôr do sol (melhor momento do dia prá mim), mas não tivemos tempo porque precisamos voltar antes do previsto para o RJ. Mas voltarei, com certeza! E esse será o meu primeiro passeio.

3.Passear pela cidade à pé

Não há nada como fazer um reconhecimento das cidades por onde passamos, à pé.

Monte Verde - o que fazer e onde comer

E como a cidade é, basicamente, de uma rua principal apenas, resolvemos andar por ela já na chegada. Largamos nossas malas no hotel e partiu rua!

São várias lojinhas de artesanato, queijos e geléias, cervejas artesanais e muitos, muitos restaurantes.

Dica: não deixe de entrar nas pequenas galerias de lojinhas escondidas…. você vai se deparar com vários cantinhos como esse da foto.

Monte Verde - o que fazer e onde comer
Eu e a Hebe Carvalho do blog Vamos Viajar pra onde agora, minha companheira de viagem

Na verdade, Monte Verde é repleto de cantinhos fotogênicos e floridos onde você pode usar e abusar dos clicks.

4.Descansar

Na verdade, achei Monte Verde PERFEITA para o descanso da cidade grande. Sou super, ultra, mega power urbana, mas ficaria por lá uma semaninha pra voltar nova em folha pra casa.

Roots Resort spa resort em Monte Verde

Onde comer

1.Boteco Villa Amarela

De todas as comidas que experimentei em Monte Verde, esta foi a que me conquistou.

Comida mineira de primeira qualidade!!!!

Não sei se já comentei com vocês, mas tenho uma dificuldade de encontrar comida mineira do estilo caseira e com aquele tempero inigualável quando viajo para as cidades de Minas. E meu povo, este é o lugar!!!!

Experimentei, pela primeira vez, um leitão à pururuca de lamber os beiços, acompanhado de torresmo, ovo e banana fritos, arroz branco e couve…hummmmm… só de lembrar, dá água na boca.

Monte Verde - o que fazer e onde comer

E a caipivodka de amora????? Pelamor!!!!

Monte Verde - o que fazer e onde comer

Além da comida deliciosa, o atendimento é top e o lugar é amplo com direito à parquinho e mesas na parte externa que abusam das flores e do charme.

2. Confraria Paulistânia

Almoçamos lá no primeiro dia. Eu pedi uma massa com molho funghi e a Hebe do blog Vamos Viajar pra onde agora, pediu um prato alemão.

O prato dela era mais bem servido que a massa, mas ambos estavam deliciosos.

Para acompanhar, tomei um refrescante (e lindo) Aperol Spritz e ela uma caneca de cerveja artesanal.

Monte Verde - o que fazer e onde comer

3. Boteco do Lago

Fomos um dia à noite para beber uns drinks e comer aperitivos.

Monte Verde o que fazer e onde comer

Ao chegarmos lá, estava tocando uma música ao vivo muito boa. Aliás, todas as playlists tocadas nos restaurantes de Monte Verde, são de muito bom gosto. Aprovadíssimas!!!!

Pedimos para experimentar a salada de burrata e a batata calabresa com gorgonzola.

Confesso que não gostei muito da burrata. O queijo era muito consistente e vinha acompanhado de tiras de abobrinha e tomates temperados.

A batata calabresa fazia mais o meu estilo (gordinha hahahaha) e foi o que acabei comendo mais.

Para beber, experimentei a caipivodka de frutas vermelhas e foi o ponto alto da noite… deliciosa!!!

Monte Verde - o que fazer e onde comer

Para chegar à Monte Verde, não deixe de ler o post Como chegar a Monte Verde, Minas Gerais!!!!

3. Gressoney Chocolates

Dentre várias chocolaterias, escolhemos a Gressoney chocolates e acertamos na mosca!!!

A Gressoney está em Monte Verde desde 1972 e foi fundada por um italiano, chamado Jorge, que gostava muito de pão de mel e de alfajor, mas queria algo entre um e outro.

Ao chegar em Monte Verde, ele fundou a Gressoney econseguiu chegar na receita exata do que ele tinha em mente, mas não tinha um nome para o produto.

Todos os clientes que entravam na loja, ele dava o produto para que experimentassem e, à uma cliente dentre várias, foi feita a seguinte pergunta: que nome você daria à este chocolate? Ela pensou, começou a andar pela loja e, por fora dela e aos ver flores bem pequenas e delicadas, perguntou: Por que você não coloca o nome de uma flor? Que flor é essa tão bonita? Ele respondeu: Prímula. E foi assim como ele decidiu o nome do chocolate.

As prímulas são chocolates dos deusesssss. Sério!!!! Amo pão de mel e não gosto tanto assim de alfajor, por achá-lo meio seco. Mas as prímulas, são a perfeição entre uma e outra.

Monte Verde o que fazer e onde comer
As caixas são exatamente iguais desde a invenção das prímulas, mantendo a tradição

A loja hoje, não é mais do mesmo dono, mas o atual faz todas as prímulas manualmente em dois dias da semana. E a outra iguaria da casa: o marzipan , só é feita uma vez e se acabar, só na outra semana!

Monte Verde o que fazer e onde comer

Ou seja, TEM QUE IR à Gressoney Chocolates para experimentar.

Durante a nossa conversa com a Sônia, gerente da loja e apaixonada por seus produtos, ainda degustamos a sopa de morango; uma sobremesa super refrescante e diferente de tudo o que já experimentei. É uma mistura de morango (como se fosse uma sopa mesmo), uma bola de sorvete de creme e calda por cima. Hummmmmmm

Além de todas essas delícias, a loja tem um salão super aconchegante e ainda podemos ver como tudo funciona através de um vidro que nos mostra toda a confecção dos chocolates.

Monte Verde o que fazer e onde comer

Parada obrigatória em Monte Verde!!!!

Como eu disse, anteriormente, não pudemos aproveitar tudo o que a cidade oferece em termos de gastronomia, mas já tivemos uma idéia e ficamos com gostinho de quero mais!!!!

E vc? Tem dicas de Monte Verde para compartilhar???

Até a próxima!

Faça suas reservas aqui pelo blog

Cada vez que você reserva algo por algum link aqui do blog, recebemos uma pequena comissão que nos ajuda continuar a atualizar o conteúdo. E você, leitor, não paga nada a mais por isso! Então reserva, vai? 🙂

9 COMENTÁRIOS

  1. Que saudade deste lugar! Monte Verde me surpreendeu bastante, principalmente pela boa comilança! hahaha

    O Boteco do Lago é realmente muito bacana. O rodízio de fondue também é ótimo!

    Ótimas dicas!
    Abraço

  2. Estou louca para conhecer Monte Verde e adorei saber tudo o que tem para fazer na cidade. Que fofura de lugar né? E esse resort onde você ficou, puro charme. Dicas mais que anotadas, principalmente os chocolates da Gressoney… quanto capricho. Amei

  3. Eu sempre quis ir pra monte-verde porque é onde meus pais passaram a lua-de-mel. Minha mãe sempre diz que é super romântico. Já quero ir na Fazenda Radical, é meu tipo de rolê hehehe

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here